Tags

, , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Seis meses se passaram, e dezenas de filmes já entraram em cartaz nos cinemas brasileiros em 2013. Em meio a diversos títulos descartáveis, algumas produções mostraram um elevado padrão de qualidade. Listo abaixo os dez filmes lançados comercialmente no País que, em minha opinião, mais se destacaram nesse primeiro semestre.

10 – O Que Se Move, de Caetano Gotardo (leia crítica aqui)

o que se move

9 – Reality, de Matteo Garrone (leia crítica aqui)

Reality

8 – Pietà, de Kim Ki-Duk (leia crítica aqui)

pieta

7 – A Caça, de Thomas Vinterberg

a caça

6 – Killer Joe, de William Friedkin

killer-joe-Killer_joe_004_rgb

5 – Amor, de Michael Haneke

amour-movie-still

4 – O Mestre, de Paul Thomas Anderson

The-Master

3 – Era Uma Vez em Anatólia, de Nuri Bilge Ceylan

era-uma-vez-na anatólia

2 – O Som ao Redor, de Kleber Mendonça Filho (leia crítica aqui)

O-som-ao-redor

1 – Tabu, de Miguel Gomes

Tabu

Menções honrosas (filmes que não estão na lista, mas também se destacaram):

– Além das montanhas, de Christian Mungiu
– Django Livre, de Quentin Tarantino
– A caverna dos sonhos esquecidos, de Werner Herzog
– Indomável sonhadora, de Benh Zeitlin
– César deve morrer, de Paolo e Vittorio Tavianni
– Francisco Brennand, de Mariana Fortes
– Depois de Lúcia, de Michel Franco
– Dentro de casa, de François Ozon
– Doméstica, de Gabriel Mascaro (leia crítica aqui)
– Elena, de Petra Costa

Anúncios