Tags

,

Melhores filmes lançados no circuito comercial brasileiro no primeiro semestre de 2015

10 – Winter Sleep, de Nuri Bilge Ceylan

A palavra oprime.

 

9 – Casa Grande, de Fellipe Barbosa (leia entrevista com o diretor no Cine Festivais)

Maturidade rara para um diretor estreante.

 

8 – Dois Dias, Uma Noite, de Jean-Pierre e Luc Dardenne

Falar que não é o melhor dos Dardenne também é um elogio.

 

7 – Depois da Chuva, de Cláudio Marques e Marília Hughes (leia texto sobre o filme no Cine Festivais)

A gênese de Sarneys e Cunhas.

 

6 – O Pequeno Quinquin, de Bruno Dumont

Dissecação da maldade pela via do bizarro.

 

5 – Timbuktu, de Abderrahmane Sissako

O Cinema contra a barbárie.

 

4 – Um Pombo Pousou Num Galho Refletindo Sobre a Existência, de Roy Andersson (leia textos sobre o filme no Cine Festivais e no Opera Mundi)

Através do patético, Andersson nos tira da inércia existencial mais uma vez.

 

3 – Mad Max: Estrada da Fúria, de George Miller

Aula de ação para Michael Bay e afins.

 

2 – Branco Sai, Preto Fica, de Adirley Queirós (leia textos sobre o filme no Cine Festivais aqui e aqui)

Adirley é o acontecimento mais interessante do cinema brasileiro em muitos anos.

 

1 – Sniper Americano, de Clint Eastwood (leia texto sobre o filme no Cine Festivais)

Estudo ambíguo e inspirado sobre o militarismo norte-americano.

 

Melhores filmes vistos pela primeira vez em festivais em 2015 (longas inéditos no circuito comercial)

10 – I Am The People, de Anna Roussillon (leia texto sobre o filme no Cine Festivais)

9 – O Animal Sonhado, de Breno Baptista, Luciana Vieira, Rodrigo Fernandes, Samuel Brasileiro, Ticiana Augusto Lima e Victor Costa Lopes (leia texto sobre o filme no Cine Festivais)

8 – As Fábulas Negras, de Rodrigo Aragão, Joel Caetano, José Mojica Marins e Peter Baierstorf (leia texto sobre o filme no Cine Festivais)

7 – Rabo de Peixe, de Joaquim Pinto e Nuno Leonel (leia texto sobre o filme no Cine Festivais)

6 – A Paixão de JL, de Carlos Nader (leia texto sobre o filme no Cine Festivais)

5 – Retratos de Identificação, de Anita Leandro

4 – A Misteriosa Morte de Pérola, de Guto Parente

3 – Koza, de Ivan Ostrochovský (leia texto sobre o filme no Cine Festivais)

2 – Mais do que Eu Possa Me Reconhecer, de Allan Ribeiro (leia texto sobre o filme no Cine Festivais)

1 – Orestes, de Rodrigo Siqueira (leia entrevista com o diretor no Cine Festivais)

Anúncios